Clauder Arcanjo vence eleição e será o novo imortal da Academia Norteriograndense de Letras

Clauder Arcanjo vence eleição e será o novo imortal da Academia Norteriograndense de Letras

maxresdefault

Foi escolhido no último dia 14 para ocupar a cadeira de número 12 à Academia Norte-Riograndense de Letras (ANL), o engenheiro, professor, contista, poeta, cronista, resenhista literário e editor da Sarau das Letras, Antonio Clauder Alves Arcanjo, ou simplesmente, Clauder Arcanjo, como é mais conhecido.

Quando chefe do escritório da Petrobrás CE/RN, Clauder Arcanjo assinou o primeiro convênio da Fundação Vingt-un Rosado batizado pelo seu patrono de Rota Batida.

O convênio permitiu que a Fundação Vingt-un Rosado comprasse equipamentos para a gráfica e fizesse a publicação de vários números da Coleção Mossoroense. Hoje considerado o maior movimento editorial do Brasil.

Na eleição, Clauder obteve 19 votos e concorreu com o escritor Antonio Fernando Bezerra que contou com 15 votos.  A cadeira 12 era do médico e escritor Paulo Bezerra (conhecido como Paulo Balá), falecido recentemente em decorrência de complicações de um câncer. A posse do novo membro da ANL ocorrerá no início do próximo ano.

Ao novo membro da ANL, a Fundação deseja felicidades e acredita que a Academia ganhou um grande nome para o seu quadro de imortal.

Fundação Vingt-un Rosado atende pedido à distância

Fundação Vingt-un Rosado atende pedido à distância

25395577_1272080599602685_149849158_nA equipe da Fundação Vingt-un Rosado vem trabalhando muito para organizar e disponibilizar os livros para toda sociedade. Esta semana recebemos um telefonema de Brasília solicitando o título: “Famílias Azevedo, Dantas, Medeiros e Rocha no Rio Grande do Norte”, de Aluízio Azevedo. O processo de busca demorou 2 dias e o envio foi feito logo após a confirmação de compra e confirmação de pagamento.

A satisfação de atender é demostrada nos agradecimentos. Segundo o solicitante, “Agradeço pelo atendimento eficiente e cordial que você prestou. Parabenizo a Fundação Vingt-un Rosado pelo serviço que presta na conservação da memória local. É de grande valor. Muito obrigado e feliz Natal e um 2018 cheio de graças…”

Ao senhor Ênio Felipe da Rocha um grande abraço. É uma honra está atendendo mais um cliente e agradecido pela confiança e aquisição de um título do maior movimento editorial do Brasil que é a Coleção Mossoroense. A participação de cada um é muito importante para que possamos trabalhar ain25437218_1272113489599396_2038131936_nda mais com afinco.

Aos que desejarem algum título, entrem contato conosco pelo telefone 84 98886 0520, pelo site http://colecaomossoroense.org.br ou ainda pelo Facebook  https://www.facebook.com/Funda%C3%A7%C3%A3o-Vingt-un-Rosado-236176583396534/

 

 

Autora de livro editado pela Coleção Mossoroense é homenageada

Autora de livro editado pela Coleção Mossoroense é homenageada

EAM7487-e1512754384846A Fundação Vingt-un parabeniza a comunidade acadêmica da Ufersa pelos seus 50 anos de existência. Para festejar, durante as comemorações, foi realizada, na Exporcenter, uma Assembleia Universitária para a entrega de comendas e honrarias. Este neste ano, a professora Celicina Borges Azevedo recebeu a Medalha Professor Jerônimo Vingt-un Rosado Maia pelos longos serviços prestados a cultura e cidade de Mossoró.

O professor e chefe de gabinete Felipe Ribeiro fez a apresentação da homenageada Celicina Azevedo, sendo posteriormente, entregue a medalha pela prefeita Rosalba Ciarline e pelo reitor Arimat25181913_1541582935918821_107832089_nea Matos. Celicina discursou em nome de todos, fazendo deferência ao profissionalismo e dedicação com que a comunidade acadêmica desenvolve suas atividades em prol do desenvolvimento do Semiárido.

Celicina Borges Azevedo é professora aposentada e autora do livro “Metodologia Científica ao Alcance de Todos”, editado pela Coleção Mossoroense em 2008. Ela esteve à frente da Fundação Guimarães Duque quando esta era mantenedora da Coleção Mossoroense.25181698_1541506462593135_2049043333_n (1) 25276706_1541507149259733_1180633714_n 25323259_1541506835926431_1850136885_n

Morre um dos contribuintes dOs Mutirões a favor da Coleção Mossoroense

Morre um dos contribuintes dOs Mutirões a favor da Coleção Mossoroense

Tasso-Rosado-na-Câmara

Faleceu na tarde de ontem o empresário e ex-senador da República, Jerônimo Tasso de Góis Rosado. Tasso Rosado estava internado, devido problemas de saúde, no Hospital Sírio Libanês, na cidade de São Paulo. Ele era sobrinho de Vingt-un Rosado, patrono da fundação mantenedora da Coleção Mossoroense e e deixou viúva Elizenir Jales Rosado, com quem teve os filhos Andréia, Frediano e Gregório Rosado.

Tasso participava dOs Mutirões a favor da Coleção Mossoroense, projeto que ajudava manter, com doações, a Coleção Mossoroense.  Ele estava internado desde o início de novembro, quando sofreu complicações no coração e não resistiu, vindo a falecer.

A família mossoroense enlutada presta homenagens e a Fundação Mossoroense deseja conforto para toda família.

Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense é destaque em TV local

Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense é destaque em TV local

25105662_1268772806600131_1611458959_n

 

A Fundação Mossoroense / Coleção Mossoroense foi destaque na Tv Cabo Mossoró (TCM), no Jornal TCM da última quarta-feira, dia 06 de dezembro. A reportagem mostrou o trabalho que está sendo executado em todo o acervo e as providências que estão sendo tomadas para que a Coleção Mossoroense volte a atender plenamente a sociedade.

Assiste ao vídeo abaixo:

 

A professora aposentada Celicina Borges Azevedo será homenageada

A professora aposentada Celicina Borges Azevedo será homenageada

Celicina-2-e1488800027421Amanhã, 7 de dezembro, a professora Celicina Borges Azevedo, receberá a medalha professor Jerônimo Vingt-un Rosado Maia na Assembleia Universitária em homenagem aos 50 anos de ESAM / UFERSA (Universidade Federal Rural do Semi-Árido).

A homenageada é professora aposentada e ingressou na instituição ainda à época da ESAM (Escola Superior de Agricultura de Mossoró), em 1978, para ministrar a disciplina de Pesca e Aquicultura, no curso de Agronomia, sendo inclusive, colega de trabalho de Vingt-un Rosado.

Ela também presidiu a Fundação Guimarães Duque (FGD), que outrora, foi mantenedora da Coleção Mossoroense, além de outras funções, durante o período em que trabalhou na instituição de ensino superior citada.

A Medalha professor Jerônimo Vingt-un Rosado Maia é conferida as personalidades que se destacaram na cultura mossoroense.

O evento acontecerá na Expocenter (UFERSA), a partir das 19h.

Todos estão convidados.

 

 

Visita de um dos sócios-fundadores da Fundação Vingt-un Rosado

Visita de um dos sócios-fundadores da Fundação Vingt-un Rosado

24172527_1262405367236875_1239269669_nQuem esteve visitando a sede da Fundação Vingt-un Rosado, que está localizada na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, foi o professor-escritor Wilson Bezerra de Moura. E gostou do que viu.

Ressaltou a importância da recuperação do acervo da Coleção Mossoroense e parabenizou os colaboradores da Fundação Vingt-un Rosado pelo progresso conseguido até o presente momento.

Professor Wilson, como é mais conhecido, é licenciado em História pela UERN tendo também formação em Direito pela mesma Universidade. Ele nasceu na cidade do Assu e veio para as terras mossoroenses com apenas 3 anos de idade. O mesmo tem relevantes serviços prestados a cidade de Mossoró. Inclusive, a importância de Mossoró  na vida da família fizeram com que Wilson fosse registrado como mossoroense pelo seus pais.

Dentre inúmeras funções desempenhadas no meio acadêmico, destacamos a Academia Mossoroense de Letras (AMOL), Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP ), Academia Maçônica de Letras, Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN), Academia Maçônica de Letras e Artes da Paraíba, além de sócio-fundador da Fundação Vingt-un Rosado ao lado do próprio patrono. 24252021_1262405323903546_1053638120_n

Ele se notabilizou pela cidade com inúmeras publicações pela Coleção Mossoroense em vários momentos. Seguem abaixo, alguns títulos (série C) que fizeram do professor Wilson, uma das grandes figuras da historiografia mossoroense:

Crônicas Através dos Tempos – 1989

Alternância dos Fatos – 1995

Mossoró, fatos e gente que fizeram mudar sua História – 1997

Nas pegadas do tempo –  2001

A Tradicional Escola Normal de Mossoró – 2001

Cinquentenário da Loja Maçônica João da Escóssia – 2017

24257735_1262405330570212_649360940_n

 

 

Cinco anos sem o mestre Raimundo Soares de Brito

Cinco anos sem o mestre Raimundo Soares de Brito

Raibrito ao lado de Vingt-un Rosado

Cinco anos atrás, o Rio Grande do Norte perdia um dos maiores escritores e “Guardião da Cultura Potiguar”, Raimundo Soares de Brito, mais conhecido como Raibrito.

Ele, que nasceu em Caraúbas, a 23 de abril de 1920, notabilizou em terras mossoroenses escrevendo e publicando mais de quarenta títulos pela Coleção Mossoroense, sobre temas de Mossoró e o Oeste Potiguar.

Raibrito tinha 92 anos de idade e ficou internado em Natal (RN) desde o dia 3 de setembro de 2012, devido problema de saúde, teve sua situação agravada que o levou a morte.

A causa da morte foi falência múltiplas dos órgãos devido à fragilidade de sua saúde

O velório aconteceu na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, exatamente onde hoje está sediada a Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense.

Alguns títulos de Raimundo Soares de Brito publicados pela Coleção Mossoroense:

Caraúbas Centenária;

Eu, Ego e os Outros;

Diário do Cel. Gurgel;

AMOL – Seus Patronos e Acadêmicos;

Câmara Cascudo e a batalha da Cultura;

Alferes Olegário de Brito Guerra – Um memorialista Esquecido;

Legislativo e executivo de Mossoró – Numa Viagem mas que Centenária;

Mossoró, 1905 a 1916;

Uma Viagem pelo Arquivo Epistolar de Adauto Câmara;

Indústria e Comércio do Oeste Potiguar – Um pouco de História;

Estudos de História do Oeste Potiguar;

Ruas e Patronos de Mossoró;

Páginas Arrancadas.

 

Mais detalhes sobre a vida de Raibrito, acessem http://www.blogdogemaia.com/detalhes.php?not=635

Fundação Vingt-un Rosado parabeniza a posse da nova diretoria do ICOP

Fundação Vingt-un Rosado parabeniza a posse da nova diretoria do ICOP

fd1261f3-6cae-4259-9c47-b32d94c9fa19-310x165O auditório da OAB esteve em festa este final de semana. Tomou posse na última sexta-feira, dia 24, a nova diretoria do Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP). Para presidente, o empossado foi o escritor cearense e editor da Sarau das Letras, Antonio Clauder Alves Arcanjo, tendo como vice, a escritora e poetisa, Ângela Maria Rodrigues de Oliveira Pereira Gurgel.

Durante o evento, foi lançado o livro “Stigma, a saga por um novo mundo”, da escritora Valdívia Beauchamp, seguido de noite de autógrafo da obra, além do lançamento da 18ª edição da revista Oeste, editada pelo próprio ICOP.

A Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense parabeniza pela nova diretoria e torce para que novos rumos sejam tomados para instituição de tão grande importância para o nosso Estado.

Segue abaixo, a composição da nova diretoria do Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP) biênio 2017/2019:

Presidente: Antonio Clauder Alves Arcanjo

Vice-presidente: Ângela Maria Rodrigues de Oliveira Pereira Gurgel

Primeiro secretário: Vanda Maria Jacinto

Segundo secretário: Joana D’Arc Fernandes Coelho

Primeiro tesoureiro: José Edilson de Albuquerque Guimarães Segundo

Segundo tesoureiro: Sebastião Almeida de Medeiros

Presidente perpétuo: João Batista Cascudo Rodrigues (in memorian)

Presidente de honra: Wilson Bezerra de Moura

 

Passeio turístico Ginástica do Cérebro em parceria com a Fundação Vingt-un Rosado

Passeio turístico Ginástica do Cérebro em parceria com a Fundação Vingt-un Rosado

24098665_1260060330804712_1423602118_nNesta manhã de sábado, o projeto franquiado Ginástica do Cérebro esteve realizando, de trenzinho, um passeio turístico pela cidade de Mossoró.

A Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense foi parceira do evento doando diversas obras que fazem parte da historiografia mossoroense e cedeu um dos seus colaboradores, Eriberto Monteiro, para conduzir, expor e explicar cada ponto histórico da cidade. O percurso ocorreu por várias ruas, em pontos que marcaram, e ainda marcam, a história mossoroense.

O presidente da Fundação, Dix-sept Rosado Sobrinho e sua esposa, doutora Kátia, prestigiaram o evento e ficaram encantados com  tudo que aconteceu e já estão empolgados para a próxima edição.

Depois do passeio, foi realizada uma confraternização entre os convidados, entregas de livros da Coleção Mossoroense a todos os participantes e momentos de autógrafos do médico, Dix-sept Rosado Sobrinho, também autor de livros da Coleção Mossoroense.

Lembrando que cada livro doado, cada livro lido representaram significativa homenagem ao nosso patrono Vingt-un Rosado, grande incentivador da nossa cultura. 24099452_1260060280804717_335489755_n

Durante o evento, a Diretora da Ginástica do Cérebro, a assistente social Patrícia Leite ressaltou a importância da parceria e a importância da leitura para manter o cérebro sempre em atividade saudável.

E que venham novos passeios…

24008354_1260060297471382_533692829_n 24008399_1260060027471409_235783502_n 24008611_1260060374138041_2059236091_n 24008710_1260060044138074_1265498912_n 24008800_1260060220804723_1115803257_n 24019840_1260060200804725_1508125472_n 24098676_1260059964138082_278507093_n 24098936_1260060320804713_1568093917_n 24099034_1260059934138085_1787578086_n 24099566_1260059907471421_1585886650_n 24099721_1260060237471388_1084647544_n 24133501_1260060110804734_1118569304_n