Fundação Vingt-un Rosado inicia organização do memorial em homenagem ao seu patrono

A Fundação Vingt-un Rosado iniciou organização do memorial em homenagem ao seu patrono.

O memorial está localizado no terceiro andar da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, ao lado do acervo da Coleção Mossoroense.

É um processo que está seguindo em paralelo com a organização do acervo da Coleção Mossoroense. Um trabalho árduo, mas gratificante em valorização da historiografia potiguar”, comentou Eriberto Monteiro, coordenador e executor das ações de reestruturação do acervo da Fundação Vingt-un Rosado. 

O acervo da Fundação Vingt-un Rosado é composto, além do acervo da Coleção Mossoroense, com algo em torno de 100 mil exemplares e mais de 5 mil obras publicadas; pela biblioteca pessoal de Vingt-un Rosado, em torno de 3 mil obras dos mais diversos autores e diversos temas; de documentos vários; de comendas; de fotografias digitais e impressas; dentre outros documentos não menos importantes. Na sua composição estão ainda, uma doação da Fundação Ozelita Cascudo Rodrigues composta por de livros, móveis e estantes; da coleção de cartas (compunha o Museu Epistolográfico Sílvia de Vasconcelos); do acervo de pesquisa de Raul Fernandes; de parte do acervo de João Batista Cascudo Rodrigues; de peças fósseis; de pertences pessoais de Vingt-un Rosado; do busto, cadeira de balanço e a bengala do seu patrono; de alguns móveis e até de uma parte do cristalino do olho de Vingt-un Rosado que é mantido em formol, ao tempo em que foi cirurgiado para correção de catarata senil.

Sabendo da importância historiográfica deste riquíssimo acervo pelos seus aspectos, não somente culturais, mas sociais, econômicos, históricos e educacionais, a Prefeitura Municipal de Mossoró tem apoiado o processo, disponibilizando salas, além de Eriberto Monteiro, funcionário público, lotado na biblioteca pública de Mossoró.

O atendimento deste apoio já traz benefícios para a sociedade, principalmente por entendimento que a parceria entre a Prefeitura Municipal de Mossoró e a Fundação Vingt-un Rosado confirma a solidez do apoio através do mandato de Alysson Bezerra, muito importante para a fomentação da nossa cultura.

A organização conta, além da presença de Eriberto, com a participação de Raniele Alves, colaborador da Fundação há cerca de 30 anos.