Fundação Vingt-un Rosado recebe visita de autores premiados

 

A Fundação Vingt-un Rosado recebeu a visita de dois dos premiados autores da Coleção Mossoroense: Raimundo Antonio de Souza Lopes e Ângela Maria Rodrigues de Oliveira.

Eles, que são integrantes da confraria mossoroense Café Poesia, promoveram uma agradável visita a sede da Fundação e trouxeram exemplares de presentes da antologia “Café e Poesia – Volume 3” e “Exercícios Literários Café e Poesia”, edições publicadas pela editora mossoroense Sarau das Letras. Tanto a Fundação quanto o colaborador Eriberto Monteiro ganharam estas edições de presente.

Os dois visitantes são autores premiados de obras que participaram do Projeto Rota Batido, outrora promovido pela Fundação Vingt-un Rosado com apoio da Petrobrás.

Veja, abaixo, as obras de Ângela Gurgel e Raimundo Lopes premiadas pelo Projeto Rota Batido 3 e 4:

Rota batido 3

Título: “Ensaio Poético”  – Autora: Ângela Maria Rodrigues de Oliveira Pereira Gurgel (Mossoró)

Título: “Um olhar sobre o cotidiano”  – Autor: Raimundo Antonio de Souza Lopes (Mossoró)

Rota batido 4

Título: Confissões Crônicas – Autora: Ângela Maria Rodrigues de Oliveira Pereira Gurgel (Mossoró)

Título: Retratos do Cotidiano (coletânea de contos) – Autor: Raimundo Antonio de Souza Lopes (Mossoró)

Quem é Raimundo Antonio de Souza Lopes ? Raimundo Lopes ou Raí Lopes, como também é conhecido pelo amigos da cultura e educação, é historiador, jornalista e educador aposentado. Ele é autor de 13 livros, alguns deles publicados pela Coleção Mossoroense (estes acima citados) e organizou outros 12 livros. Raimundo Lopes é membro fundador da confraria Café e Poesia, sócio fundador da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS) e membro do Instituto Cultural do Oste Potiguar (ICOP) e do Conselho Editorial da Sarau da Letras, onde o mesmo publicou suas últimas obras.

Quem é Ângela Maria Rodrigues de Oliveira Pereira Gurgel ? Conhecida como Ângela Gurgel, ela é formada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Pela Coleção Mossoroense, publicou dois livros premiados pelo Projeto Rota Batido, Ensaio Poético (Rota Batido 3, em 2009) e Confissões Crônicas (Rota Batido 4, em 2015).

Sua crônica foi premiada  no 3º concurso João Batista Cascudo Rodrigues (em 2016), promovido pela Academia Mossoroense de Letras (AMOL).

Ela é membro da Academia Feminina de Letras e Artes de Mossoró (AFLAM), da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS), da Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares (ALAMP) e vice-presidente do Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP).

Assim como Raimundo Lopes, faz parte do Conselho Editorial da Sarau da Letras e membro fundador da confraria Café e Poesia, onde publicou diversos trabalhos, dentre eles a antologia “Café e Poesia volumes 1, 2 e 3” e “Exercícios Literários 1 e 2”.