Reunião da primeira feira de livros de autores mossoroenses

 

 

No último dia 6 de agosto aconteceu, no auditório da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, uma reunião para definição da XIII Jornada Cultural do Sertão, que acontecerá no Museu do Sertão, no próximo dia 1º de setembro.

Estiveram presentes, diversas autoridades literárias locais como: Gustavo Luz (representando a Editora Queima Bucha), Eriberto Monteiro (representando a Fundação Vingt-un Rosado), Benedito Mendes (representante do Museu do Sertão), Franci Dantas (representante da AMARP) e os escritores Lúcia Rocha, Ivanaldo Xavier, Ayala Gugel, Rubens Coelho e Jorge Soares.

Durante a Jornada Cultural do Sertão, além de várias atividades culturais, acontecerá a I Feira de Livros de Autores Mossoroenses.

A reunião estabeleceu algumas diretrizes, dentre elas: que cada escritor deverá entregar à professora Franci Dantas, presidente da AMARP (Academia Mossoroense de Artes Plásticas), dois exemplares dos livros que serão expostos. O local de recebimento será na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, das 8h às 12h, do dia 24 de agosto.

Lembrando que, a venda dos livros, ficará a cargo dos autores ou das editoras que deverão permanecer no local da feira para fazer a comercialização dos mesmos.

O evento será promovido pelo Museu do Sertão em parceria com a AMARP.

Museu do Sertão está localizado na Fazenda Rancho Verde, às margens da Estrada da Alagoinha, zona rural de Mossoró (algo em torno de 4km da cidade).

O local já foi sede da Coleção Mossoroense num dos piores momentos deste acervo. Não pelo local, mas pelo abandono das autoridades deste que é considerado o maior movimento editorial do Brasil.

A Fundação Vingt-un Rosado estará apresentando e comercializando, a preços populares, várias obras aos visitantes e espera vender bem para que possa manter algumas despesas que estão sendo geradas dia a dia.