Mossoró 18 de junho de 2016

Mossoró estende seus braços entre duas
Capitais de grande porte: Fortaleza e Natal.
Nas belezas desta terra com vistas nuas
Jorra petróleo, o ouro preto, o seu aval.

Uma das principais cidades nordestinas
Tem crescimento econômico favorável
O BIP se orgulha e abre as cortinas
Nesta cidade de encanto adminirável.

Terra do sal, onde a força do mar gigante
Estende suas águas beijando o solo
E nas salinas o olhar estonteante
Fita na alvura da natureza o consolo.

Na terra de Santa Luzia padroeira
Venceu o imperador Diocleciano pela fé
Celebrada no dia treze de dezembro
A lenda atravessa fronteiras, fica de pé.

Capital Cultural perpetua sua história
Na cidade junina agraciando os turistas
Um dos maiores eventos traz a memória
Atos de liberdade de pessoas altruístas:

O Motim das Mulheres à liberdade militar
Abolição dos escravos, antes da Lei Áurea
O primeiro voto feminino a mulher enaltece
Com Lampião a resistência, luta e prece.

O povo mossoroense oferta ao visitante
Na Estação das Artes, diversão e alegria,
Nos 48 mil metros quadrados gigantes
Show, quadrilhas, comidas típicas abundantes.

Parabéns aos mossoroenses, vida e união.
Com a Chuva de Bala lembrando Lampião.

Sonia Nogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *