Integração Cultural Interestadual homenageia Fundação Vingt-un Rosado

Integração Cultural Interestadual homenageia Fundação Vingt-un Rosado

Aconteceu entre os dias 15 e 18 de junho nas cidades de Fortaleza (CE) e Mossoró (RN), O evento “Integração Cultural Interestadual”, com ações voltadas para a integração e o intercâmbio entre os amantes da Literatura, das Artes e da Cultura.

O evento proporcionou meios para o intercâmbio do Nordeste com o Brasil e mundo. Além da divulgação dos participantes de forma livre e sem fronteiras. Levou os organizadores a criarem os projetos: Coletânea Literária Integração Cultural Interestadual e o Catálogo de Artes IntegrArte.

Artista plástica do Rio de Janeiro, Maria Araújo,  doa quadro "País é Mossoró", de sua autoria, à Fundação Vingt-un Rosado
Artista plástica do Rio de Janeiro, Maria Araújo, doa quadro “País é Mossoró”, de sua autoria, à Fundação Vingt-un Rosado

Foram paucos dos eventos a Academia Cearense de Letras (ACL), e o Auditório da Estação das Artes Eliseu Ventania receberá as atividades de Mossoró.

Em Fortaleza, a Mesa Diretora foi presidida pelo Dr. José Augusto Bezerra – Presidente da Academia Cearense de Letras, que proferirá também palestra.

Além das palestras, aconteceram várias atividades culturais, como a apresentação da Banda de Música do Corpo de Bombeiro da Polícia Militar do Ceará, performances artísticas e musicais, recital, roda poética e o lançamento das Antologias: Coletânea Integração Cultural Interestadual (feita especialmente para o evento), Coletânea Sem Fronteiras pelo Mundo… (Bilíngue Português – Inglês), na versão em Braille, Antologia Madalena’s em Prosa e Verso (Bilíngue Português – Francês) e Antologia Madre Terra (Bilíngue Português-Italiano). E, ainda, doações de livros para a Biblioteca da Academia de Letras e Artes do Ceará (ALACE), coquetel, almoço e jantar para integração social com trocas de livros, plaquetas, cordéis, jornais, revistas, CDs, DVDs, etc.

WhatsApp-Image-20160618 (2)

Em Mossoró, a programação começou com o Roteiro Turístico do Cangaço.

A recepção foi do Acadêmico Dr. Milton Marques de Medeiros, que presidiu os trabalhos. Os pronunciamentos foram feitos por Elder Heronildes da Silva – Presidente da Academia Mossoroense de Letras (AMOL), e por Diógenes da Cunha Lima – Presidente da Academia Norteriograndense de Letras (ANL).

Se apresentaram na oportunidade o Coral da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais (ACJUS), apresentando a “Canção para Mossoró”, performance teatral, houve ainda, lançamentos das antologias literárias e catálogo artístico, Exposição de Artes Plásticas, conferências, rodada poética, doação de livros para a Biblioteca Ney Pontes Duarte, troca de livros, plaquetas, CDs, jornais, revistas, etc. Além da apresentação do Projeto da Ascrim (Lançamento da Plaqueta para produção do filme sobre o Cangaço) e doação de tela para a Fundação Vingt-un Rosado.

Na parte social, houve visita à Salina São Camilo de Lélis e Museu do Sertão. Na Praça de Eventos, teve apresentação de Quadrilhas de Festa Junina, apresentação artística teatral “Chuva de Bala no País de Mossoró” e visita à “Cidadela”, para comemoração do aniversário da Editora Geral do Jornal Sem Fronteiras, Dyandreia Portugal.

WhatsApp-Image-20160619 (3)

WhatsApp-Image-20160619 (2)

WhatsApp-Image-20160619 (1)

WhatsApp-Image-20160618 (1)

 

Mossoró 18 de junho de 2016

Mossoró 18 de junho de 2016

Mossoró estende seus braços entre duas
Capitais de grande porte: Fortaleza e Natal.
Nas belezas desta terra com vistas nuas
Jorra petróleo, o ouro preto, o seu aval.

Uma das principais cidades nordestinas
Tem crescimento econômico favorável
O BIP se orgulha e abre as cortinas
Nesta cidade de encanto adminirável.

Terra do sal, onde a força do mar gigante
Estende suas águas beijando o solo
E nas salinas o olhar estonteante
Fita na alvura da natureza o consolo.

Na terra de Santa Luzia padroeira
Venceu o imperador Diocleciano pela fé
Celebrada no dia treze de dezembro
A lenda atravessa fronteiras, fica de pé.

Capital Cultural perpetua sua história
Na cidade junina agraciando os turistas
Um dos maiores eventos traz a memória
Atos de liberdade de pessoas altruístas:

O Motim das Mulheres à liberdade militar
Abolição dos escravos, antes da Lei Áurea
O primeiro voto feminino a mulher enaltece
Com Lampião a resistência, luta e prece.

O povo mossoroense oferta ao visitante
Na Estação das Artes, diversão e alegria,
Nos 48 mil metros quadrados gigantes
Show, quadrilhas, comidas típicas abundantes.

Parabéns aos mossoroenses, vida e união.
Com a Chuva de Bala lembrando Lampião.

Sonia Nogueira

Fundação Vingt-un Rosado 21 anos de atividade

Fundação Vingt-un Rosado 21 anos de atividade

maquina-grafia-fundacao

Hoje, 6 de abril, a Fundação Vingt-un Rosado completa 21 anos de atividade.

Para marcar a data, a Fundação desenvolverá ações pontuais, entre elas, o pré lançamento da biografia romanceada de Vingt-un Rosado, livro de autoria do historiador Geraldo Maia.

Haverá também a entrega de todas as peças da gráfica da Fundação, que estavam no Museu do Sertão sob a tutela do professor Benedito Vasconcelos Mendes.

Devido as dificuldades financeiras que assolam a nação, e em particular a Coleção Mossoroense, dei mais a significação ao aniversário em ações presentes e futuras do que uma solenidade, explica o presidente da Fundação, Dr. Dix-sept Rosado Sobrinho.

Equipamento gráfico ficará em exposição no Museu Municipal

Equipamento gráfico ficará em exposição no Museu Municipal

transporte-maquinario-01

Peças da gráfica da Fundação Vingt-un Rosado que se encontravam no Museu do Sertão, em Alagoinha, sob os cuidados do professor Benedito Vasconcelos Mendes, foram encaminhadas do Museu Municipal Lauro da Escóssia.

Uma das peças fará parte do Memorial Vingt-un Rosado que fica no 1º andar do Museu Municipal, o restante ficará exposto para visitação no térreo do Museu.

O Presidente da Fundação Vingt-un Rosado, Dr. Dix-sept Rosado Sobrinho, explica que não se trata de uma reativação da gráfica, as peças ficarão em exposição. Lembra que quando necessitar de algum trabalho de edição, cotará em gráficas comerciais.

transporte-maquinario-02

Fundação Vingt-un Rosado e Coleção Mossoroense são homenageadas em Blumenau

Fundação Vingt-un Rosado e Coleção Mossoroense são homenageadas em Blumenau

A Fundação Vingt-un Rosado e a Coleção Mossoroense, representada por seu presidente Dr. Jerônimo Dix-sept Rosado Maia Sobrinho, receberam no último dia 18 de março de 2016, em Blumenau-SC, o “Troféu Imprensa Sem Fronteiras”, na categoria Autoridade Cultural.

A homenagem foi promovida pela Rede Mídia de Comunicação Sem Fronteiras, em comemoração aos três anos do Jornal Sem Fronteiras, pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido em prol da cultura do país.

Na oportunidade foi feita uma doação de livros para Biblioteca Fritz Müller da Fundação de Cultura de Blumenau. A solenidade teve a brilhante apresentação da Banda Municipal de Blumenau.

Recebendo Termo de doação livros à Biblioteca Fritz Müller da Fundação de Cultura de Blumenau.
Banda Municipal de Blumenau
Dix-sept Rosado Sobrinho e o Presidente da Fundação de Cultura de Blumenau (equivale a Secretaria Municipal de Cultura)
Dix-sept Rosado Sobrinho e o Presidente da Fundação de Cultura de Blumenau (equivale a Secretaria Municipal de Cultura)