Presidente da Fundação Vingt-un Rosado é premiado no Ceará

Presidente da Fundação Vingt-un Rosado é premiado no Ceará

22449682_1483986211678494_2232176544016631628_n

O presidente da Fundação Vingt-un Rosado, dr. Dix-sept Rosado Sobrinho, participou neste último final de semana do 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, realizado no Centro de Convenções do Ceará, na cidade de Fortaleza. O evento teve inicio no dia 10 de outubro e se estendeu até o dia 14, contando com 6.450 inscritos de todo país. O evento foi considerado um dos maiores eventos da classe médica do país.

Para dr. Dix-sept, através do evento, os participantes tiveram a oportunidade de receber mais conhecimentos da área e de expor seus projetos sociais, talentos artísticos e musicais de cada participante. “Esta iniciativa teve como objetivo mostrar aos congressistas, o lado mais artístico e sensível do profissional que atende crianças e adolescentes brasileiros, humanizando ainda mais o serviço de atendimento do futuro do país”.

Ele informou ainda que foi selecionado e premiado um “Pediatra Incrível” pelo trabalho individual que exerce além da medicina e da docência.

Durante a exposição do trabalho desenvolvido, dr. Dix-sept descreveu as ações desenvolvida22528187_1483986575011791_3699369391398427970_ns como professor por um dos projetos de extensão que coordena no Curso Médico da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), intitulado “Sonho de América”. O projeto percorreu mais de 2.100km2 num trailler-consultório adaptado à pediatria.  Durante o percurso, ele informou que, além do atendimento médico, realizou ação com um círculo de leitura e doação de livros para crianças e adultos. Todas as ações totalmente gratuitas.

Outro fator que fez com que ele fosse premiado foi à obstinada dedicação e luta continua para a manutenção da Coleção Mossoroense, sendo ela considerada o maior movimento editorial de títulos do país, se não, do mundo.

Parabéns para dr. Dix-sept. Além de saber do excelente profissional que podemos contar, um humanista que lembra muito o seu pai, Vingt-un Rosado, quando vivo. Que seu exemplo seja intensamente imitado…22528551_1484178528325929_5143385258538108066_n 22366485_1483595675050881_5703100762805072646_n 22406323_1483595715050877_6919524181498104919_n

Visita do professor e escritor José Romero Araújo Cardoso ao acervo da Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense

Visita do professor e escritor José Romero Araújo Cardoso ao acervo da Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense

22528512_1236063733204372_7472950756020129199_nQuem esteve visitando a nova sede da Fundação Vingt-un Rosado, foi o escritor-professor, José Romero Araújo Cardoso.

Romero, como é mais conhecido, é Natural de Pombal, no estado da Paraíba e tem relevantes serviços prestados à sociedade acadêmica e a literatura regional. Geógrafo formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Professor-adjunto IV do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Especialista em Geografia e Gestão Territorial (UFPB, 1996-1997) e em Organização de Arquivos (UFPB, 1997). Mestre em desenvolvimento e Meio Ambiente (UERN, 2000 – 2002).

Romero contribui ainda como Membro ativo de várias instituições lítero-culturais como: Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP), da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC) e da Associação dos Escritores Mossoroenses (ASCRIM). Além de ter inúmeras livretos publicadas pela Coleção Mossoroense, ele é autor de livros como “Nas Veredas da Terra do Sol (1998) e “A importância da Caprino-ovinocultura em assentamentos rurais de Mossoró” (2002) . Ambos pela  Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense). Ele também é autor do livro  “Notas para a História do Nordeste” (2015) pela Editora Ideia, de João Pessoa/Pb, em formato de E-book.22449715_1236059369871475_721302411504104495_n

Seja sempre bem vindo, amigo. E volte sempre…

Lembrando que a sede da Fundação Vingt-un Rosado / Coleção Mossoroense está localizada no terceiro andar da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, no centro da cidade de Mossoró/RN

Presidente da Fundação Vingt-un no congresso nacional de pediatria

Presidente da Fundação Vingt-un no congresso nacional de pediatria

22406323_1483595715050877_6919524181498104919_n

O presidente da Fundação Vingt-un Rosado, Dix-sept Rosado Sobrinho, encontra-se em Fortaleza participando do 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, versão 2017. O evento conta com a participação de pediatras de todo país e sua programação se estenderá até o dia 13 de outubro.

Após sua chegada à Mossoró, haverá reunião para acertos na organização do acervo da Coleção Mossoroense e possíveis novidades. Lembrando que os livros estão sendo organizador na atual sede da Fundação Vingt-un Rosado, 3º andar da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte. A ansiedade é grande é as informações guardadas a sete chaves… Aguardem.

22366485_1483595675050881_5703100762805072646_n 22405568_1483595761717539_3981176634556904004_n

Organização do acervo da Coleção Mossoroense continua

Organização do acervo da Coleção Mossoroense continua

siteQuem esteve supervisionando os trabalhos de organização da Coleção Mossoroense foi o presidente da Fundação Vingt-un Rosado, Dix-sept Rosado Sobrinho. O mesmo ficou maravilhado com tudo que viu e o progresso que está acontecendo dia a dia.

O trabalho foi iniciado em abril deste ano e passará por várias fases até sua conclusão final. Atualmente, apenas dois funcionários da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte estão executando os trabalhos: Eriberto Monteiro e Maurílio Carneiro. Mas nada que comprometa o andamento do serviço. Com muita dedicação, os funcionários citados estão desenvolvendo o trabalho acompanhando um cronograma estabelecido.

Estão sendo separados 8 exemplares de cada títulos e o restante será colocado para aquisição e/ou doação para escolas e instituições de ensino. A Fundação passa por uma situação financeira complicada, por isso, o seu responsável estuda a po22119065_1226196604191085_1767194774_n (2)ssibilidade de formatação de uma mini livraria, onde os leitores poderão adquirir títulos da Coleção Mossoroense a preços populares.

O acervo está sendo organizado  na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte e ficará disponível na própria instituição municipal, onde serão catalogados todas as série do acervo.

Aos que quiserem acompanhar os serviços executados, poderão se deslocar até a instituição pública cultural, no terceiro andar.22119067_1226194737524605_1260133580_n (1)

22119394_1226196644191081_1488943933_n 22127568_1226196544191091_367214025_n (2)

Contagem de acesso no site da Coleção Mossoroense

Contagem de acesso no site da Coleção Mossoroense

NÚMEROS

A partir de hoje o site da Fundação Vingt-un Rosado (Coleção Mossoroense) estará promoverá a contagem de acesso. Nada para vislumbrar milhões de visualizações, mas para ter um termômetro de entrada e entender melhor esta ferramenta cultural e social moderna. Além, claro, de tentar melhorar ainda mais o site e para noticiar o que se passa com nossa literatura, especialmente, da Coleção Mossoroense. Qualquer dúvidas, acesse, opine, compartilhe, participe. Estamos disponíveis para sempre melhorar os nossos serviços. Seja mais um soldado em prol do maior movimento editorial do Brasil, a Coleção Mossoroense.

Homenagem ao professor Vingt-un Rosado

Homenagem ao professor Vingt-un Rosado

22008430_1686264621383898_1817179330032931562_nMossoró comemorou ontem o aniversário de nascimento do intelectual professor Vingt-un Rosado, com uma grande homenagem. Ele que foi um dos grandes intelectuais da história do Rio Grande do Norte e patrono da fundação mantenedora da Coleção Mossoroense, teve uma merecida homenagem. O evento foi realizado no teatro Municipal Dix-huit Rosado. O seu início aconteceu às 19h, com o lançamento do livro “O Criador do País de Mossoró – Uma biografia de Vingt-un”, do autor Geraldo Maia do Nascimento. A obra contém mais de 300 páginas e foi lançada com o selo da Coleção Cultura Potiguar, em parceria com a Coleção Mossoroense, série C, volume 1671.

Logo após, foi feito um esquete marcando “Um dia de Vingt-un”, encenado pelo ator Carlos José no papel principal e os atores coadjuvantes, Dennis Xaxá e Allyson Maxuel, como ajudantes de Vingt-un. O esquete teve a direção de Plínio Sá, numa brilhante apresentação para engrandecer ainda mais este ato público.

21764795_1685090121501348_2451195794681876487_n

21766490_1597055040356782_3153688216888512246_nAinda na mesma noite, o jornalista e escritor Vicente Serejo, de Natal, realizou a palestra “Vingt-un: uma militância Editorial”. O convidado falou sobre uma das ações mais contundentes de Vingt-un: a Coleção Mossoroense, que atualmente está sendo cuidada pela equipe da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte.

Além deste momento, está marcado para hoje, vários momentos que lembrarão os feitos e causos que envolveram o homenageado. Haverá também debates com a participação de escritores, pesquisadores, intelectuais, representantes de instituições, amigos e familiares de Vingt-un, todos ressaltando a importância do 21 para a cultura potiguar.

O seminário está sendo promovido pelo Governo do Estado (Fundação José Augusto, na pessoa de Isaura Amélia) pela Fundação Vingt-un Rosado, na pessoa de Dix-sept Rosado Sobrinho, e pela Prefeitura Municipal de Mossoró (Secretaria Municipal de Cultura, na pessoa de Eduardo Falcão).

Celebração da Cultura no País de Mossoró

Celebração da Cultura no País de Mossoró

Se fo22007756_1597054983690121_3824677455076077511_nsse vivo, o professor Vingt-un Rosado estaria completando 97 anos de idade. E a cidade perdeu muito com sua partida. Para celebrar a grandiosidade desta figura que contribuiu bastante em todos os seguimentos para o crescimento de Mossoró e região, várias homenagens aconteceram. Além do seminário, a Fundação José Augusto, na pessoa de Isaura Amélia, juntamente com a Secretaria Municipal de Mossoró, na pessoa de Eduardo Falcão, prepararam uma surpresa. E que surpresa! Os artistas locais, Carlos José (que viveu o papel de Vingt-un), Dennis Xaxá e Allysson Maxuel, sob a direção de Plínio Sá, encantaram o público presente. Encenaram um dia de Vingt-un, retratando fielmente o que se passava na vida do intelectual de Mossoró que criou a Coleção Mossoroense, o maior movimento editorial do Brasil. A encenação mostrou o quão proativo, obstinado e inquieto era Vingt-un. Tudo em prol da cultura de Mossoró, cidade que ele considerava sagrada…

21766527_1597054950356791_7837769825324676366_n

 

Seminário resgata vida e obra intelectual de Vingt-un Rosado

Seminário resgata vida e obra intelectual de Vingt-un Rosado

WhatsApp Image 2017-09-12 at 17.51.13Um dos grandes intelectuais da história do Rio Grande do Norte será homenageado através de um vasto painel que retrata à contribuição à cultura do Estado e sua trajetória de vida.

O evento será realizado Teatro Municipal Dix Huit Rosado (Av. Rio Branco S/N, Centro, Mossoró) nos dias 25 e 26 de setembro com o título: “Cultura: O País Vingt-un – Contribuição do professor Vingt-un Rosado para a Cultura Potiguar”.

O momento terá a participação de escritores, pesquisadores, intelectuais, professores universitários, representantes de instituições, amigos e familiares do intelectual que irão apresentar aspectos sobre o trabalho desenvolvido pelo criador da Coleção Mossoroense.

O seminário será promovido pelo Governo do Estado (Fundação José Augusto, Secretaria Estadual de Educação), Fundação Vingt-un Rosado, Prefeitura de Mossoró (secretarias de Educação e de Cultura) e Sociedade Amigos da Pinacoteca. Será aberto ao público e as inscrições podem ser realizadas pelos telefones (84) 3315 50 80 e 3315 5046.

Como tudo acontecerá:

Palestra e Biografia

Na abertura, marcada para dia 25 às 19h, o jornalista e escritor Vicente Serejo realizará uma palestra “Vingt-un: Uma militância Editorial”.  falará sobre uma das ações mais contundentes de Vingt-un: a Coleção Mossoroense.

Na mesma noite será lançada a biografia autorizada “O Criador do País de Mossoró”, assinada pelo pesquisador Geraldo Maia, que versa sobre a vida e obra de Vingt- un. O livro tem a orelha assinada por Maria Lucia Rosado e ilustrações do artista visual Iran.

Mesas redondas

O dia 26 será dedicado a um amplo debate sobre a contribuição do professor à cultura do estado. Tudo começando a partir das 8h, onde será realizada a mesa redonda “Vingt- un: com açúcar e com afeto”. Este momento contará com a participação dos familiares Cid Augusto, Betinho, Tasso (sobrinhos), Vingt-un Neto e Frederico (netos) e do amigo Caio César Muniz. Todos trarão depoimentos e histórias sobre a vida e obra do intelectual Vingt-un.

Às 14h do mesmo dia, tem início a mesa redonda “Vingt-un: professor e intelectual”, com a presença dos doutores e professores Ailton Fonseca (UERN), José Lacerda Felipe (UFRN), Ludmila Oliveira (ACJUS) e Aécio Cândido (UERN), que desenvolveram estudos científicos ou analisaram direta ou indiretamente a obra do professor Vingt-un.

A partir das 19h uma grande mesa redonda, “Vingt-un: Fazendo Escolas”, será formada com a participação de representantes de instituições criadas e apoiadas pelo intelectual, encerrando o seminário. Participarão a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (Museu Municipal Lauro Escóssia), o reitor da UERN, Pedro Fernandes Ribeiro, o reitor da UFERSA, José de Arimateia de Matos, o pesquisador Wilson Bezerra de Mouram, da Biblioteca Municipal Ney Pontes, o presidente da Academia de Letras, Helder Heronildes, o presidente do ICOP, Benedito Vasconcelos Mendes e o presidente da Fundação Vingt-un Rosado, Dix-sept Rosado Sobrinho.

Pequena Biografia do intelectual Vingt-un Rosado

Jerônimo Vingt-un Rosado Maia nasceu em 25 de setembro de 1920, filho de Jerônimo Rosado e dona Isaura Rosado Maia. Era o vigésimo primeiro filho de uma família numerosa. O nome vem exatamente da sequência à ordem numérica francesa dos nomes que Jerônimo Rosado dava aos filhos,

Segundo o biógrafo Geraldo Maia, Vingt-un teve uma infância normal e desde cedo se dedicou aos empreendimentos intelectuais, preferindo acompanhar a atividade do irmão mais velho, Tércio, filho do primeiro matrimônio do seu pai, que era um homem culto, poeta, amante dos livros e pioneiro do cooperativismo no Estado. E foi ainda na juventude que começou a cultivar o gosto pelos livros e pela pesquisa histórica. Na adolescência atuou como bibliotecário no Colégio Santa Luzia.

Em 1940 partiu para Lavras/MG para estudar agronomia, onde desenvolveu gosto pelos livros, as letras e a pesquisa. Concluindo o curso em novembro de 1944, voltou para Mossoró para desenvolver atividades junto à empresa familiar que atuava na área de exploração de gesso e paralelamente começou a desenvolver um trabalho no campo cultural, que culminou com a criação da Coleção Mossoroense.

Caminho da Cultura

Apesar de pertencer à tradicional família de políticos que comanda Mossoró por gerações, preferiu enveredar mesmo pelo caminho da cultura. Na verdade, chegou mesmo a disputar dois cargos eletivos. A primeira vez candidatou-se a Prefeito de Mossoró, perdendo por uma margem de 0,4% em 1968. Em 1972 elegeu-se vereador com a maior votação proporcional da história de Mossoró, até aquela data. Mas foi mesmo na área cultural que se destacou, tornando-se ícone da cultura local. Em 1940, com apenas 20 anos, publicou o seu primeiro livro, que recebeu o título de “Mossoró; seguiram mais de 200 obras voltadas para a antropologia e estudo das secas.

Vingt-un esteve sempre presente em várias frentes de atividade cultural, tanto no município como no Estado. Foi professor fundador de três faculdades e idealizador da URRN, hoje Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Fundador e duas vezes diretor da ESAM, hoje Universidade Federal Rural do Semiárido e professor Honoris Causa da UERN.

Integrou o Conselho Estadual de Cultura, foi membro de quatro Academias em dois Estados da Federação, tendo sido criador e ex-presidente de duas delas, a Academia Norte-rio-grandense de Ciências e a Academia Cearense de Farmácia. Faleceu em 21 de dezembro de 2005, aos 85 anos de idade, deixando uma imensa contribuição intelectual para a história do Rio Grande do Norte.

Último dia da festa literária

Último dia da festa literária

21764960_1223672164443529_5669808234067724542_n

Neste último dia da Feira de Livro Mossoró, o estande da Fundação Vingt-un Rosado apresenta uma promoção para o leitor sair com a mochila cheia de títulos. A unidade da plaquete está sendo vendida a R$2,00. Para o cliente, acima de 5 plaquetes adquiridas, cada uma sai por R$ 1,00. Não é incrível ? Para os livros, a promoção fica da seguinte forma: o cliente que comprar 2 títulos, ganha 20% de desconto. E caso aumente sua compra em 3 títulos, este desconto poderá aumentar ainda mais. Vá lá. Não deixe de sair do Partage Shopping Mossoró sem visitar o estande da Fundação Vingt-un Rosado e aproveitar estas promoções. O estande está localizado em frente a loja da Miranda. Estaremos aguardando por vocês e a feira será encerrada às 21h de hoje.

Terceiro dia da Feira do Livro Mossoró

Terceiro dia da Feira do Livro Mossoró

21617777_1221309698013109_7927977354072156768_n

Continuamos com a enorme batalha para mostrar que a Coleção Mossoroense continua ativa. Para isso, a Fundação Vingt-un Rosado dispõe um estande com uma variedade de títulos a preços acessíveis. Ajude a Fundação manter viva um pedaço da história de Mossoró. Adquira títulos do nosso acervo. A partir de R$ 2,00 você estará ajudando a manter viva a o sonho de Vingt-un. Lembrando que o estande da Feira do Livro Mossoró está localizado em frente a loja Miranda.